PROMOTORA DO MP DO RJ AFIRMA QUE PORTEIRO MENTIU AO CITAR BOLSONARO EM DEPOIMENTO

A procuradora do Ministério Público do Rio se Janeiro Simone Sibilio afirmou nesta quarta-feira (30) que o porteiro do condomínio onde morava o presidente Jair Bolsonaro, mentiu em depoimento ao afirmar que Bolsonaro teria autorizado a entreda de Élcio de Queiroz, suspeito de participar da morte de Marielle Franco, no condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro.

Na noite desta terça-feira, o Jornal Nacional divulgou que o porteiro teria dito em depoimento que interfonou para para casa de Bolsonaro e um homem com a voz de "Seu Jair" teria autorizado a entrada de Élcio.

Apesar da afirmação do profissional, a ata de registro da Câmara Federal indicava que o então deputado federal à epoca Jair Bolsonaro, estava no plenário da Câmara, em Brasilia.

De acordo com Simone que é Chefe do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO) a autorização para entrada no local foi dado por Ronnie Lessa, principal suspeito de ter executado Marielle Franco.

Fonte: https://www.espiaqui.com.br/artigo/promotora-afirma-que-porteiro-mentiu-ao-indica

Categoria:Política

Deixe seu Comentário